Aquecendo ao sol num dia chuvoso.
Eu sou a criança que salta o arco-íris!

Orveli é tanto um boneco, feito à mão, como um pseudónimo, ambos criados pelo artista como os seus auto-retratos. O objectivo deste Website é ilustrar a sua versatilidade artística, tal como a sua personalidade multifacetada. De uma maneira verdadeiramente renascentista, é um homem abençoado com múltiplos talentos, que incluem as suas capacidades artísticas e poéticas, bem como uma boa dose de loucura criativa. Indubitavelmente, pode ser chamado de inovador, de inventor, de desafiador do status quo, e de aventureiro. A capacidade visionária do artista permitiu-o vislumbrar 20 anos à frente dos seus contemporâneos.

A distância é uma questão de números – não do coração!
A proximidade é questão de coração – não de números!

A Arte e Poesia visuais de Orveli espelham as suas tendências naturais para a filantropia e ambientalismo. Ele é um lobo solitário, de coração, o que o torna uma pessoa difícil de se aproximar e de se conhecer. O seu portfólio exibe diferentes influências globais, bem como reflecte a sua vida de trabalho internacional.

O nosso mundo é uma tela viva, pintada com as cores das nossas
experiências

Orveli não tem medo de criativamente experimentar diferentes técnicas: sejam elas com o seu lápis, carvão, pastel, mosaico e arte ambiental/ecológica, e até esculpiu obras de arte em madeira e em ferro. Ele fez várias incursões no design industrial, e a qualidade do seu trabalho manual é visível em várias peças de mobiliário, joalharia, vestuário e projetos arquitectónicos. Também escreveu vários artigos sobre gestão do design.

A vida perdura na alma das palavras

A sua poesia - que engloba diferentes campos da vida - foi compilada ao longo de várias décadas. Ele publicou as coletâneas de poesia Runot ja Taide (1994) e Olen yöni siivet (2002), para além de várias obras, ainda não publicadas. Os seus poemas são comentários perspicazes e mordazes sobre temas variados, como meio ambiente, política, religião, humanidade, amor e erotismo, vida, trabalho e morte.

O artista, - Doutorado em Ciências de Tecnologia, e com uma carreira vasta, em grande parte dedicada ao empreendedorismo internacional - sempre foi e sempre será um “Orveli de coração”.